Projeto “Separar Para Cuidar” contemplará inicialmente parte do bairro Jardim Eldorado com a instalação de 36 contêineres

Na última quinta-feira, 31 de março, o Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (Saae) de Vilhena iniciou a ação de Educação Ambiental para orientar os moradores do bairro Jardim Eldorado sobre o projeto de implantação da Coleta Seletiva Mecanizada.

A ação contou com a participação dos servidores da Autarquia, que realizaram visitas às residências e comércios da região. De porta em porta, a equipe explicou à população como funcionará o novo sistema. Além disso, foram distribuídos folders do projeto ‘Separar Para Cuidar”, com informações sobre os locais dos contêineres e a forma de separar os resíduos antes de serem descartados. 

Conforme esclarece o diretor geral do Saae, Rogério Vieira, a implantação da coleta mecanizada no município ocorrerá em etapas, de forma gradativa nos bairros. A região do Jardim Eldorado será a primeira a receber o modelo.

Com a implantação do projeto, serão dispostos 12 conjuntos de contêineres com uma distância máxima de 150 metros das residências. Cada jogo possuirá três contentores que ficarão em pontos estratégicos entre a Avenida Sabino Bezerra de Queiroz até a Avenida Tancredo Neves, e da Rua Ricardo Carlos Kollert até a Rua Júlio Kzyzanoski. A previsão é que a instalação dos 36 contêineres inicie a partir desta quinta-feira, 07 de abril.

“Para que esse novo sistema seja eficiente, é importante que cada um faça a sua parte no processo. Por isso, além dos moradores depositarem o material correto em cada contentor, ressaltamos a todos sobre a necessidade de colaborarem com a conservação dos equipamentos para que eles não sejam danificados”, destaca Rogério.

Vieira também explica que a partir da instalação dos contêineres, a coleta de resíduos nas lixeiras das residências não será mais realizada. Por isso, será necessário separar os resíduos domésticos em três frações para descartar da seguinte maneira: (1) o contentor cinza receberá materiais de rejeitos, como detritos de varrição de casa, restos de alimentos engordurados, embalagens engorduradas da cozinha e lixo do banheiro; (2) o contentor azul receberá materiais recicláveis, como plástico, vidro, papelão, alumínio e demais objetos secos que podem ser reaproveitados e transformados em outros produtos; (3) o contentor marrom será usado para a coleta de materiais compostáveis, como casca de frutas ou legumes e restos úmidos de alimentos que podem ir para a fabricação de adubo orgânico.

Quanto ao cronograma, não haverá nenhuma alteração. Deste modo, as coletas continuaram nas quartas-feiras e sábados para os Resíduos Orgânicos e Rejeitos, e nas terças-feiras para os Secos.

Com um investimento de R$ 3 milhões do Governo Federal,  os 1.500 contêineres e o caminhão lavador/coletor permitirão que a cidade fique mais limpa e bonita, além de garantir uma coleta mais segura, eficiente e higiênica.

Para mais informações, o Saae disponibiliza o telefone institucional: 3322-5480.